AR

BE

BG

BN

BS

CA

CS

DE

EL

EM

EN

EO

ES

ET

FA

FI

FR

HE

HR

HU

ID

IT

JA

KA

KN

KO

LT

LV

MR

NL

NN

PA

PL

PT

PX

RO

RU

SK

SR

SV

UK

VI

ZH

Conselhos contra o esquecimento

Aprender nem sempre é fácil. Mesmo quando é divertido, pode ser muito cansativo. No entanto, ficamos contentes quando aprendemos alguma coisa. Ficamos orgulhos dos nossos progressos. Infelizmente também podemos voltar a esquecer o que tínhamos aprendido. Pode ser problemático, sobretudo no que diz respeito à línguas. A maioria de nós aprende uma ou mais línguas na escola. Muitas vezes, este conhecimento desaparece depois de terminarmos a escola. Dificilmente temos a possibilidade de voltar a falar essa língua esquecida. A nossa língua materna acaba por dominar o nosso dia a dia. Muitas línguas estrangeiras são assim apenas utilizadas nas férias. Se o conhecimento não é ativado regularmente, o mesmo pode desaparecer. O nosso cérebro precisa de treino. Podemos dizer que funciona como um músculo. Este músculo precisa ser exercitado, senão torna-se mais fraco. Há, porém, meios para impedir o esquecimento. O mais importante é a aplicação regular dos conteúdos adquiridos. Seguir alguns "rituais" fixos pode ser-nos útil. Pode planejar-se um pequeno programa para os vários dias da semana. Por exemplo, na segunda-feira lê-se um livro na língua estrangeira em questão. Na quarta-feira, escuta-se uma emissora de rádio estrangeira. Na sexta-feira, escreve-se um diário nessa língua estrangeira. E assim, deste modo, alternamos entre a Leitura, a Compreensão (oral) e a Produção escrita. Por conseguinte, o conhecimento é ativado de diferentes maneiras. Todos estes exercícios não devem ser demorados, sendo suficiente uma meia-hora. O mais importante é que o façamos regularmente. Os estudos demonstram que o que foi aprendido permanece no cérebro durante séculos. É apenas uma questão de o reavivarmos ...

text before next text

© Copyright Goethe Verlag GmbH 2018. All rights reserved.