AR

BE

BG

BN

BS

CA

CS

DE

EL

EM

EN

EO

ES

ET

FA

FI

FR

HE

HR

HU

ID

IT

JA

KA

KN

KO

LT

LV

MR

NL

NN

PA

PL

PT

PX

RO

RU

SK

SR

SV

UK

VI

ZH

Línguas românicas

700 milhões de pessoas possuem uma língua românica como a sua língua materna. Por conseguinte, a família das língua românicas é uma das mais importantes no mundo inteiro. As línguas românicas pertencem à família das línguas indo-europeias. Todas as línguas românicas remontam ao latim. Isto significa que são descendentes da língua da Roma Antiga. A base de todas as línguas românicas era o chamado latim vulgar. Ou seja, o latim falado na Antiguidade tardia. O latim vulgar foi disseminado pela Europa graças às conquistas romanas. A partir do latim, criaram-se as línguas e os dialetos românicos. Até o próprio latim é uma língua italiana. Ao todo, existem cerca de 15 línguas românicas. É difícil precisar o número exato. Muitas vezes, nem sempre é claro se estamos perante uma língua ou apenas um dialeto. Com o passar do tempo, algumas das línguas românicas desapareceram. Mas também surgiram novas línguas de base românica. São as chamadas línguas crioulas. Atualmente, o espanhol é a maior língua românica no mundo. É umas das línguas do planeta que conta com mais de 380 milhões de falantes nativos. As línguas românicas são muito interessantes para os investigadores científicos. Porque a história deste grupo de línguas está bem documentada. Há 2500 anos que existem textos latinos ou romanos. Com base nestes textos, os linguistas investigam o aparecimento das línguas particulares. Deste modo, podem ser investigadas as regras de formação das línguas. Muitos destes resultados podem ser transferidos para outras línguas. A gramática das línguas românicas apresenta semelhanças. Mas é, especialmente, o vocabulário destas línguas que se assemelha mais. Se se fala uma língua românica, aprende-se facilmente uma outra. Obrigada, Latim!

text before next text

© Copyright Goethe Verlag GmbH 2018. All rights reserved.