AR

BE

BG

BN

BS

CA

CS

DE

EL

EM

EN

EO

ES

ET

FA

FI

FR

HE

HR

HU

ID

IT

JA

KA

KN

KO

LT

LV

MR

NL

NN

PA

PL

PT

PX

RO

RU

SK

SR

SV

UK

VI

ZH

Signos linguísticos

As línguas foram desenvolvidas para que as pessoas pudessem comunicar. Até mesmo as pessoas surdas ou com problemas auditivos possuem uma língua própria. Trata-se da língua gestual, a língua básica de todas pessoas surdas. Esta língua consiste numa combinação de signos. Logo, é uma língua visual, ou melhor, mais "visível". E a língua gestual é única no plano internacional? Não, até no que diz respeito aos gestos existem diferentes línguas nacionais. Cada país tem a sua própria língua gestual. Ela é influenciada pela cultura do seu país. Porque as línguas desenvolvem-se sempre a partir da cultura. O que não é, no entanto, o caso das línguas não-verbais. Apesar disto, existe uma língua gestual de caráter internacional. Os seus gestos são, no entanto, um pouco mais complicados. Ainda assim, as línguas gestuais apresentam algumas semelhanças. Muitos gestos são icónicos. Procuram reproduzir a forma do objeto representado. A língua gestual mais ampla é a American Sign Language. As línguas gestuais são reconhecidas como uma língua na sua plenitude. Possuem também uma gramática própria. É diferente da gramática das línguas verbais. Por este motivo, não se pode traduzir palavra por palavra. Ainda assim, existem tradutores para as línguas gestuais. Através das línguas gestuais, há muita informação que se transmite simultaneamente. O que significa que um único gesto pode reproduzir uma frase inteira. Também existem dialetos nas línguas gestuais. Os traços regionais tem os seus próprios gestos. Cada língua gestual possui a sua própria entoação e melodia da frase. Até no caso dos gestos podemos afirmar: o nosso sotaque revela a nossa origem!

text before next text

© Copyright Goethe Verlag GmbH 2018. All rights reserved.