egypt
AR
belarus
BE
bulgaria
BG
bangladesh
BN
bosnia
BS
spain
CA
czech_republic
CS
germany
DE
greece
EL
usa
EM
great_britain
EN
esperanto
EO
spain
ES
estonia
ET
iran
FA
finnland
FI
france
FR
israel
HE
croatia
HR
hungary
HU
indonesia
ID
italy
IT
japan
JA
georgia
KA
india
KN
south_korea
KO
lithuania
LT
latvia
LV
india
MR
netherlands
NL
norway
NN
india
PA
poland
PL
portugal
PT
brazil
PX
romania
RO
russia
RU
slovakia
SK
serbia
SR
sweden
SV
ukraine
UK
vietnam
VI
china
ZH

Aprendizagem precoce

As línguas estrangeiras são cada vez mais importantes nos nossos dias. O mesmo se aplica à nossa vida profissional. Por isso, o número de pessoas que aprendem línguas estrangeiras tem aumentado. Do mesmo modo, há muitos pais que desejam que os seus filhos aprendam novas línguas. E o melhor é logo nos primeiros anos. No mundo inteiro, já existem várias escolas primárias internacionais. Da mesma forma, as creches bilíngues têm-se tornado mais populares. Logo, começar uma aprendizagem precocemente apresenta as suas vantagens. Promove o desenvolvimento do nosso cérebro. No nosso cérebro, as estruturas linguísticas desenvolvem-se até ao 4.º ano da nossa vida. Estas redes neuronais facilitam a aprendizagem. Posteriormente, estas novas estruturas formam-se com mais dificuldade. Os jovens e os adultos aprendem novas línguas com mais dificuldade. É por esta razão que devemos estimular o desenvolvimento precoce do nosso cérebro. Resumindo: quanto mais cedo, melhor. Há, no entanto, pessoas que lançam críticas à aprendizagem precoce. Receiam que o multilinguismo possa ser um fardo para as suas crianças. Além disso, temem que elas não consigam aprender nenhuma língua corretamente. Porém, do ponto de vista científico estas dúvidas não apresentam fundamento. A maioria dos linguistas e dos neurolinguistas mantém-se otimista. Os seus estudos nesta área têm apresentado resultados positivos. A começar pelo fato de que as crianças se divertem bastante na aula de língua. E, quando estão aprendendo outras línguas, estão pensando ao mesmo tempo sobre a própria língua. Por este motivo, aprendem a conhecer a sua língua materna através das línguas estrangeiras. E este conhecimento linguístico ser-lhes-á útil na sua vida futura. Provavelmente será até melhor começarmos pela aprendizagem de línguas consideradas mais difíceis. Uma vez que o cérebro das crianças aprende rapidamente e de uma forma intuitiva. Para ele tanto faz se o que está armazenando é hello, ciao ou néih hóu!

text before next text

© Copyright Goethe Verlag GmbH 2015. All rights reserved.