egypt
AR
belarus
BE
bulgaria
BG
bangladesh
BN
bosnia
BS
spain
CA
czech_republic
CS
germany
DE
greece
EL
usa
EM
great_britain
EN
esperanto
EO
spain
ES
estonia
ET
iran
FA
finnland
FI
france
FR
israel
HE
croatia
HR
hungary
HU
indonesia
ID
italy
IT
japan
JA
georgia
KA
india
KN
south_korea
KO
lithuania
LT
latvia
LV
india
MR
netherlands
NL
norway
NN
india
PA
poland
PL
portugal
PT
brazil
PX
romania
RO
russia
RU
slovakia
SK
serbia
SR
sweden
SV
ukraine
UK
vietnam
VI
china
ZH

Uma língua, muitas variantes

Mesmo que falemos apenas uma língua, na verdade estamos a falar várias línguas. Porque nenhuma língua é um sistema fechado. Todas as línguas possuem diferentes dimensões. A língua é um sistema vivo. Os falantes adaptam-se sempre aos seus interlocutores. Por este motivo, as pessoas mudam o registo linguístico de acordo com o seu interlocutor. Estas variedades linguísticas manifestam-se de diversas formas. Cada língua tem a sua própria história, por exemplo. Ou seja, todas as línguas mudaram, mudam e continuarão a mudar. E isto é bastante visível quando os mais velhos falam de um modo diferente do dos mais novos. Também existem na maioria das línguas muitas variedades dialetais. Muitos falantes de um dialeto conseguem, no entanto, adaptar-se ao seu meio, sem dificuldades. Em determinadas situações falam a norma-padrão. Há também muitos grupos sociais que falam variedades diferentes dessa língua. A linguagem dos jovens ou o jargão são bons exemplos disso. No meio profissional, uma grande parte das pessoas fala de um modo diferente do de casa. Muitos recorrem também, no local de trabalho a uma linguagem técnica. Para além disso, também há diferenças nas formas escrita e oral de uma língua. A língua falada é, na maioria das vezes, muito mais fácil do que a língua escrita. Esta diferença pode ser muito grande. Isto acontece no caso das línguas escritas que não sofrem mudanças durante muito tempo. Os falantes têm que aprender, em primeiro lugar, a forma escrita da língua. Muitas vezes, também existem muitas diferenças na linguagem dos homens e das mulheres. Nas sociedades ocidentais esta diferença não é tão grande. Existem, no entanto, países onde as mulheres falam de uma maneira muito diferente da dos homens. Em algumas culturas, até mesmo o código de cortesia tem formas linguísticas próprias. Por isso, é óbvio que falar não é uma coisa tão simples! Temos que ter em conta várias coisas ao mesmo tempo...

text before next text

© Copyright Goethe Verlag GmbH 2015. All rights reserved.