egypt
AR
belarus
BE
bulgaria
BG
bangladesh
BN
bosnia
BS
spain
CA
czech_republic
CS
germany
DE
greece
EL
usa
EM
great_britain
EN
esperanto
EO
spain
ES
estonia
ET
iran
FA
finnland
FI
france
FR
israel
HE
croatia
HR
hungary
HU
indonesia
ID
italy
IT
japan
JA
georgia
KA
india
KN
south_korea
KO
lithuania
LT
latvia
LV
india
MR
netherlands
NL
norway
NN
india
PA
poland
PL
portugal
PT
brazil
PX
romania
RO
russia
RU
slovakia
SK
serbia
SR
sweden
SV
ukraine
UK
vietnam
VI
china
ZH

Os computadores conseguem reconstruir palavras ouvidas

Ler os pensamentos de alguém é um sonho antigo do ser humano. Todos poderiam saber o que é que o outro estaria a pensar. No entanto, este sonho continua longe de ser tornar uma realidade. Mesmo com a tecnologia moderna é impossível não conseguimos ler os pensamentos dos outros. Continua a ser um mistério aquilo que os outros pensam. No entanto, podemos reconhecer o que os outros ouvem! Foi o que ficou demonstrado numa experiência científica. Os investigadores conseguiram reconstruir as palavras que tinham sido ouvidas. Para tal efeito, foram analisadas as ondas cerebrais dos indivíduos que participaram na experiência. Quando ouvimos alguma coisa, o nosso cérebro é ativado. Ele começa a processar os sons acabados de ouvir. Então, produz-me um certo padrão de atividade. Este padrão pode ser registado através de elétrodos. E este registo também pode ser processado! Com recurso a um computador pode-se convertê-lo num padrão sonoro. Assim se pode identificar a palavra ouvida. Este princípio aplica-se a todas as palavras. Cada palavra que ouvimos emite um determinado sinal. Este sinal está sempre relacionado com o som de uma dada palavra. Só temos que traduzi-lo num sinal acústico. Porque se tem um padrão sonoro, conhece-se a palavra. Na experiência, os indivíduos envolvidos ouviam palavras autênticas e palavras falsas. Uma parte das palavras ouvidas eram falsas. Apesar disto, foi possível reconstruí-las. As palavras reconhecidas conseguiram ser pronunciadas por um computador. Era também possível mostrá-las simplesmente no ecrã do computador. Então, os investigadores esperam brevemente de serem capazes de compreender melhor os sinais linguísticos. De modo que o sonho de se ler os pensamentos continua...

text before next text

© Copyright Goethe Verlag GmbH 2015. All rights reserved.