belarus
BE
bulgaria
BG
bangladesh
BN
bosnia
BS
spain
CA
czech_republic
CS
germany
DE
greece
EL
usa
EM
great_britain
EN
esperanto
EO
spain
ES
estonia
ET
iran
FA
finnland
FI
france
FR
israel
HE
croatia
HR
hungary
HU
indonesia
ID
italy
IT
japan
JA
georgia
KA
india
KN
south_korea
KO
lithuania
LT
latvia
LV
india
MR
netherlands
NL
india
PA
poland
PL
portugal
PT
brazil
PX
romania
RO
russia
RU
slovakia
SK
serbia
SR
sweden
SV
ukraine
UK
vietnam
VI
china
ZH

A linguagem das imagens

Segundo um provérbio português: uma imagem vale mais que mil palavras. Isto quer dizer que as imagens são compreendidas mais rapidamente do que as palavras. As imagens conseguem também transmitir melhor os sentimentos. É por esta razão que a publicidade recorre a tantas imagens. O modo de funcionamento das imagens é diferente do das palavras. Mostra-nos muito mais coisas em simultâneo e na sua totalidade. Ou seja, a imagem na sua totalidade produz um determinado efeito. Graças à linguagem, as palavras são claramente mais necessárias. No entanto, as imagens e a linguagem constituem um todo. Para descrevermos uma imagem precisamos de palavras. Por outro lado, há muitos textos que só conseguem ser decifrados graças às imagens. Esta ligação entre a imagem e a linguagem é alvo de investigação pelos linguistas. Questiona-se, no entanto, se as imagens não seriam elas mesmas um tipo de linguagem. Quando apenas se filma algo, podemos ver as imagens. No entanto, a mensagem do filme não se concretiza. Se as imagens fossem palavras, deveriam ser mais precisas. Quanto menos se mostra, mas clara se torna a mensagem. Um bom exemplo disto são os pictogramas. Os pictogramas são símbolos gráficos simples e inequívocos. Substituem a linguagem verbal, sendo por isso um tipo de comunicação visual. Toda a gente conhece o pictograma referente à proibição de fumar. Mostra um cigarro com risco que o atravessa na diagonal. Com a globalização a imagens têm vindo a tornar-se cada vez mais importantes. Mas também é necessário aprendermos a linguagem das imagens. Ela não é tão universal como se pensa. Pois a nossa cultura influencia a nossa compreensão de imagens. O que nós vemos depende de vários fatores. Por isso, há muitas pessoas que não veem os cigarros mas só as linhas escuras.

text before next text

© Copyright Goethe Verlag GmbH 2014. All rights reserved.