egypt
AR
belarus
BE
bulgaria
BG
bangladesh
BN
bosnia
BS
spain
CA
czech_republic
CS
germany
DE
greece
EL
usa
EM
great_britain
EN
esperanto
EO
spain
ES
estonia
ET
iran
FA
finnland
FI
france
FR
israel
HE
croatia
HR
hungary
HU
indonesia
ID
italy
IT
japan
JA
georgia
KA
india
KN
south_korea
KO
lithuania
LT
latvia
LV
india
MR
netherlands
NL
norway
NN
india
PA
poland
PL
portugal
PT
brazil
PX
romania
RO
russia
RU
slovakia
SK
serbia
SR
sweden
SV
ukraine
UK
vietnam
VI
china
ZH

Aprender durante o sono

Hoje em dia, as línguas estrangeiras fazem parte da nossa formação geral. Se ao menos a sua aprendizagem não fosse tão árdua! Para todos aqueles que têm dificuldades em aprender uma língua, há boas notícias. Pois nós aprendemos melhor durante o sono. Vários estudos científicos chegaram a esta conclusão. E é disto que podemos agora usufruir quando aprendemos uma língua estrangeira! Durante o sono, as nossas experiências diárias são processadas. O nosso cérebro analisa as novas impressões. Tudo aquilo que foi aprendido é analisado novamente. E assim os novos conteúdos são consolidados no nosso cérebro. Nomeadamente, os conteúdos adquiridos antes de adormecermos. Por isso, pode ser útil rever à noite noções importantes. Cada estágio do ciclo do sono sustenta o processamento de um determinado conteúdo de aprendizagem. O sono REM apoia a aprendizagem psicomotora. De que fazem parte as atividades musicais e o desporto. Em contrapartida, a aprendizagem do conhecimento puro ocorre na fase profunda do sono. É neste estágio que o cérebro revê tudo aquilo que foi aprendido. Incluindo o vocabulário e a gramática! Para aprendermos uma língua estrangeira, o nosso cérebro é obrigado a trabalhar intensamente. Precisa de armazenar as palavras e as regras novas. Durante o sono, tudo se reproduz novamente. É aquilo a que os investigadores chamam de "Teoria Replay". O que importa é que se durma bem. O nosso corpo e a nossa mente precisam de recuperar completamente. Só assim é que o cérebro consegue trabalhar com eficácia. É caso para se dizer: bom sono, bom rendimento cognitivo. Quando nós já estamos a descansar, ainda o nosso cérebro continua ativo... Assim sendo: Gute Nacht, good night, buona notte, dobrou noc!

text before next text

© Copyright Goethe Verlag GmbH 2015. All rights reserved.