egypt
AR
belarus
BE
bulgaria
BG
bangladesh
BN
bosnia
BS
spain
CA
czech_republic
CS
germany
DE
greece
EL
usa
EM
great_britain
EN
esperanto
EO
spain
ES
estonia
ET
iran
FA
finnland
FI
france
FR
israel
HE
croatia
HR
hungary
HU
indonesia
ID
italy
IT
japan
JA
georgia
KA
india
KN
south_korea
KO
lithuania
LT
latvia
LV
india
MR
netherlands
NL
norway
NN
india
PA
poland
PL
portugal
PT
brazil
PX
romania
RO
russia
RU
slovakia
SK
serbia
SR
sweden
SV
ukraine
UK
vietnam
VI
china
ZH

Línguas e dialetos

Em todo o mundo existem entre 6000 e 7000 línguas diferentes. O número de dialetos é naturalmente muito maior. Mas qual é, afinal, a diferença entre uma língua e um dialeto? Os dialetos possuem sempre uma "cor local" caraterística. Pertencem, pois, às variedades linguísticas regionais. Logo, os dialetos são formas linguísticas com menor amplitude. Habitualmente, os dialetos são apenas falados, não escritos. Compõem um único sistema linguístico. E seguem algumas regras. Teoricamente, qualquer língua pode ter vários dialetos. Todos os dialetos estão subordinados à norma-padrão de uma língua. A norma-padrão é aquela que é entendida por todos os habitantes de um país. Deste modo, os falantes de dialetos distantes conseguem igualmente comunicar entre si. A maioria dos dialetos tem uma importância cada vez menor. Mal se ouvem os dialetos nas grandes cidades. E na vida profissional fala-se, sobretudo, a norma-padrão. Por isso, habituamente os falantes de um dado dialeto são considerados rudes e ignorantes. No entanto, estes falantes encontram-se em todas as camadas sociais. Logo, os falantes de qualquer dialeto não são menos inteligentes do que os outros. Muito pelo contrário! Falar um dialeto tem muitas vantagens. Num curso de línguas, por exemplo. Os falantes de um dialeto sabem que existem diversas formas linguísticas. Aprenderam a alternar rapidamente entre diferentes estilos linguísticos. Por isso, os falantes de um dado dialeto possuem uma elevada capacidade para a variação dinâmica. Tem um sentido desenvolvido para adaptarem um determinado estilo linguístico a uma situação, em particular. Isto até está comprovado cientificamente. Então, força no momento de usar um dialeto: vai valer a pena!

text before next text

© Copyright Goethe Verlag GmbH 2015. All rights reserved.