egypt
AR
belarus
BE
bulgaria
BG
bangladesh
BN
bosnia
BS
spain
CA
czech_republic
CS
germany
DE
greece
EL
usa
EM
great_britain
EN
esperanto
EO
spain
ES
estonia
ET
iran
FA
finnland
FI
france
FR
israel
HE
croatia
HR
hungary
HU
indonesia
ID
italy
IT
japan
JA
georgia
KA
india
KN
south_korea
KO
lithuania
LT
latvia
LV
india
MR
netherlands
NL
norway
NN
india
PA
poland
PL
portugal
PT
brazil
PX
romania
RO
russia
RU
slovakia
SK
serbia
SR
sweden
SV
ukraine
UK
vietnam
VI
china
ZH

Alfabetos

Com as línguas podemos comunicar. Dizemos aos outros o que pensamos ou sentimos. Também os sistemas de escrita desempenham esta função. A maior parte das línguas possui um sistema de escrita. Os sistemas de escrita formam-se a partir de signos. Estes signos (carateres ou grafemas) podem ser diversos. Muitos sistemas de escrita consistem em letras. Constituem um sistema de escrita alfabética. Um alfabeto é um conjunto ordenado de signos. Estes grafemas seguem determinadas regras para constituírem palavras. A cada signo corresponde um som particular. O termo "alfabeto" vem do grego. Os gregos chamavam às primeiras letras do seu alfabeto alfa e beta. Ao longo da história existiram diferentes tipos de alfabetos. Há mais de 3000 anos que o ser humano utiliza grafemas. Antigamente, os signos linguísticos eram símbolos mágicos. Apenas algumas pessoas conheciam o seu significado. Mais tarde, os signos acabaram por perder a sua natureza simbólica. Atualmente, as letras jão têm nenhum significado. Apenas quando combinadas com outras letras é que transmitem significado. Há sistemas de escrita, como o dos chineses, que funcionam de um modo diferente. São sistemas de escrita cujos carateres funcionam, muitas vezes, como desenhos dos conceitos que pretendem expressar. Ao escrevemos estamos a codificar o nosso pensamento. Nós utilizamos signos para fixarmos o nosso conhecimento. O nosso cérebro aprendeu a descodificar o alfabeto. Os carateres transformam-se em palavras e as palavras em ideias. E assim um texto pode durar séculos. E continuar a ser compreendido...

text before next text

© Copyright Goethe Verlag GmbH 2015. All rights reserved.